quarta-feira, janeiro 17, 2007

Sombras

Os plátanos das Fontainhas, numa destas noites frias e soturnas de Janeiro.

At Night - The Cure

" Rua de Vaugirard

a meia altura
desligo e pasmo de candura
exponho a chapa às luzes e às sombras
depois torno a partir fortificado
com um negativo irrecusável
"

Samuel Beckett (1946) Les Temps Modernes.
___________

A ver/ler:
Esta fotografia no Não sei pra mais, e esta citação no Apatia Geral.
Concordo com:
Este texto no Canhoto, e esta crítica no Coriscos.
Não concordo com:
Este texto no Cinco Dias. Como é que é possível comparar a obra Match Point de Woody Allen com estes dois outros filmes do mesmo autor: "É um bom filme em qualquer dia da semana, como são Manhattan Murder Mistery (1993) ou The Curse of the Jade Scorpion (2001), mas também não é muito mais que isso"? Os dois filmes citados, divertidos mas muito ligeiros, são de uma banalidade confrangedora (aliás, em muito parecida com o que se antevê de Scoop, que ainda não vi...) quando comparados com a ironia desconcertante e perturbadora de Match Point.

Etiquetas: , ,

4 Carruagens:

Blogger pvl said...

Também concordo, o Match Point é um filme deliciosamente perturbador. É fantástica a sensação de estar a ver o filme, a sentir o sorriso das situações cómicas e ao mesmo tempo a sentir que uma parte estruturante da nossa vida social e familiar está a ser brutalmente criticada (espancada mesmo).

Ainda bem que os ingleses pagaram ao Woody Alen. E porque não desafiar o W.A. a vir fazer um filme a Lisboa? Todos ficariam contentes. Uns pelo orgulho de um filme que se passa em Lisboa e outros pelo retrato espectacular iria sair desse projecto.

quinta-feira, janeiro 18, 2007 10:33:00 da manhã  
Blogger PCS said...

Grande foto. Tenho pena mas ainda não vi o filme.

quinta-feira, janeiro 18, 2007 2:01:00 da tarde  
Blogger Mica said...

Lisboa? E porque não em Portugal?

sábado, janeiro 20, 2007 5:54:00 da tarde  
Blogger pvl said...

Lisboa, porque os filmes do Woody Allen estão muito ligados a cidades (Nova York, Londres agora). Seria mais normal pagar-lhe um filme rodado em Lisboa, mas para o efeito do que escrevi poderia ser qualquer outra cidade portuguesa.

segunda-feira, janeiro 22, 2007 5:33:00 da tarde  

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Entroncamentos:

Criar uma hiperligação

<< Home