sexta-feira, dezembro 22, 2006

E os sinos tocam pelo dia de Natal.

A ponte Luís I, vista por nós a partir de Gaia, nas primeiras horas da passada segunda-feira.

Fairytale of New York - The Pogues


Entre as muitas canções de Natal que alimentam o nosso espírito mais sentimental, esta canção dos Pogues, com a participação da poderosa voz de Kirsty MacColl, é aquela que melhor consegue disfarçar, no meio de tanta euforia e ritmo folk, o embaraço que nos assola por todo esse derramar de emoções.
Falo por mim. No meio das compras, da confusão das lojas nacionais e internacionais, de embrulhos coloridos e do arfar quente de gente no meio da rua fria e iluminada, vejo-me incontornavelmente tentado em cair na lamechice da quadra. É assim nos passeios apressados nos gélidos finais de tarde em Cedofeita, Santa Catarina ou Passos Manuel, onde, ao contrário dos idílicos centros comerciais, o mundo real convive bem mais de perto, sem rastreio para pobres e desfavorecidos, que lá, nessas suburbanas caixas enormes de gente, dinheiro e ilusão, não podem entrar.
A canção, do final dos anos 80, fala das misérias de dois imigrantes derrotados pela vida, que pelo Natal, renovam os seus votos de esperança e amor, ainda que conscientes da derrota humilhante que o destino lhes reserva.
A dada altura, os dois emocionados protagonistas (Kirsty MacColl e Shane MacGowan) lamentam tudo o que perderam na vida por causa do seu amor, provavelmente a única vitória de ambos, numa vida de agonia:

I could have been someone
Well so could anyone
You took my dreams from me
When I first found you
I kept them with me babe
I put them with my own
Can't make it all alone
I've built my dreams around you

Consta que, no Natal de 1987 em Inglaterra, quando esta canção perdeu o título de "single mais vendido de Natal" para "You are always on my mind", uma versão dos Pet Shop Boys de um velho hit de Elvis Presley (que, por sua vez, era uma versão do original de Brenda Lee), Shane MacGowan terá dito: "We were beaten by two queens and a drum machine."
Não há nada como o bom espírito de Natal.

Etiquetas:

4 Carruagens:

Anonymous tarzanboy said...

A mais bela canção de Natal da pop. E a fotografia é linda. Feliz Natal!

sábado, dezembro 23, 2006 11:41:00 da tarde  
Blogger Luzinha said...

Feliz Natal!

Muitos e grandes beijinhos da Luzinha ;o)

domingo, dezembro 24, 2006 11:47:00 da manhã  
Blogger Francisco Oliveira said...

Cá estou eu a visitar o seu blog. Gosto da linda fotografia e também da "limpesa" do texto. Bom 2007.

quarta-feira, dezembro 27, 2006 11:52:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Espectacular foto!

quinta-feira, dezembro 28, 2006 7:25:00 da tarde  

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Entroncamentos:

Criar uma hiperligação

<< Home