segunda-feira, agosto 13, 2007

100 anos

O Porto do Palácio das Sereias à Ponte Luíz I, a dois dias de Agosto.

Orchestral Manoeuvers in the Dark (OMD)- Souvenir

"Lisboa é um mostruário colorido e barroco de uma parte aventureira do nosso sangue. É, sobretudo, simultaneamente, um cais de embarque e desembarque da pressa que percorre o mundo. Cidade de muitas e desvairadas gentes, já lhe chamava o outro. Ora o Porto lembra-me antes uma séria e pacata citânia lusitana, murada da nossa altivez de cavadores. Se de resto Garrett pôde nascer do calor do seu coração, se António Nobre pôde morar em paz dentro das suas portas, e se mesmo numa das suas cadeias pôde ser escrito o «Amor de Perdição», que demónio é preciso mais para honrar os pergaminhos de alguém? "

Miguel Torga
_________________

A ler:
1 - Esta síntese onde está tudo, no Da Literatura.
2 - Esta pergunta pertinente no Verde e Cinzento.
3 - Esta lembrança no Bloguitica.
4 - E, provavelmente com o mesmo protagonista, este comentário, em O Amigo do Povo.

Etiquetas:

0 Carruagens:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Entroncamentos:

Criar uma hiperligação

<< Home