sábado, fevereiro 24, 2007

101.º post

A Cordoaria (Campo Mártires da Pátria), no Porto, num frio final de tarde da passada semana.

Whistle for the Choir - The Fratellis

"The inferno of the living is not something that will be; if there is one, it is what is already here, the inferno where we live every day, that we form by being together.
There are two ways to escape suffering it.
The first is easy for many: accept the inferno and become such a part of it that you can no longer see it.
The second is risky and demands constant vigilance and apprehension: seek and learn to recognize who and what, in the midst of the inferno, are not inferno, then make them endure, give them space.
"
Italo Calvino (1972) Invisible cities.

Os meus passos perdidos no largo lageado da Cordoaria
busca olhos de gente
igualmente perdida
na confusão dos seus dias imensos,
das suas horas tristes e camboleantes,
que fogem dos faróis furiosos e irrequietos,
que agitam o meu cérebro
[e os deles]
com luzes hipnotizantes,
à medida que o Sol se esvai.

Os plátanos desenham-se doentes
no skyline azulado do ocaso
e
Vénus radiante emana
os seus raios de final de tarde.
Mais um passo
e outro,
enquanto os pés se acomodam doridos nos sapatos e nas meias incómodas que calço
e descalço
esta bota
enquanto me perco em suspiros.

Os olhos das gentes,
caídos como a aba de um véu,
correm apressados
como a alma foge da luz
como a vida foge do céu.

____________

Mais uma resposta ao repto que aqui lancei para descreverem o vosso golo de sonho vestidos de azul e branco, a juntar ao João Saraiva, ao Aníbal Letra, ao André Moura e Cunha, ao Ricardo Castro Ferreira, ao Michael Knight, ao Guarda Abel e ao Ricardo:
- A do Paulo Costa, do Bisca dos Nove. Um sonho improvável para um comum adepto do Porto, até porque se desenrola na Mata Real. Apesar do cenário surpreendente, o sonho é tão hilariante como bem escrito. Um must!

Ainda sobre o FCP, espreitem estas contas do Tiago Barbosa Ribeiro, no Kontratempos, e este texto do Carlos Abreu Amorim, no Blasfémias. Ora aí está mais um a quem desafio para redigir o seu golo de sonho de dragão ao peito.
____________

Destaques:
-
Esta pérola do fundo do baú, no Linear P. (Private joke!)
-
Este texto no Dias Com Árvores.

Etiquetas: ,

2 Carruagens:

Blogger PCS said...

Muitos parabéns pelo 101º Post.
É uma bela foto, e gostei do texto.Já está melhor a música:-)

segunda-feira, fevereiro 26, 2007 10:03:00 da manhã  
Blogger José Eduardo said...

Gostei muito do texto. "e
Vénus radiante emana
os seus raios de final de tarde..." ;)

segunda-feira, fevereiro 26, 2007 7:02:00 da tarde  

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Entroncamentos:

Criar uma hiperligação

<< Home