quinta-feira, julho 19, 2007

Mesmo sem começar

O Atlântico, como eu o vi a partir da barra do Douro, 28 de Julho de 2004.

The Stones Roses - Waterfall

(Nota prévia do autor: "Na adolescência, o Mar da Foz do Douro entrava, durante as férias, no meu destino.")

Assim o mar. Ainda hoje o ouço sem o ouvir
na espuma como dantes nos paredões da Foz.
(«Cala-te» - ordenei-lhe mais tarde com outra voz.)
Mas aos vinte anos andava eu de penedo em penedo,
de praia em praia, de sol em sol, em busca do cofre
onde fechara este segredo,
agora finalmente revelado:
«não há vida nem morte,
mas um conjunto
de sonho,
futuro,
presente,
passado
- angústia de mesmo sem começar, tudo ter acabado há
muito».

José Gomes Ferreira (1978) Poeta Militante

Etiquetas:

4 Carruagens:

Blogger PCS said...

Esperavas mais 8 dias;)

sexta-feira, julho 20, 2007 12:16:00 da manhã  
Blogger JRP said...

8 dias? :-) Porquê?

sexta-feira, julho 20, 2007 12:28:00 da manhã  
Blogger PCS said...

A foto tem quase 3 anos. só por isso:)

sexta-feira, julho 20, 2007 10:47:00 da manhã  
Blogger Humilde Serva de Clio said...

Ola! Adorei o blog, principalmente as fotos e a escolha dos poemas está muito bem conseguida. Continua!
Cumprimentos de outra portuense.

terça-feira, julho 24, 2007 10:29:00 da tarde  

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Entroncamentos:

Criar uma hiperligação

<< Home